Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Som dos Sentidos ♥

Tudo e mais alguma coisa. E gatos. E revolta.


01
Out16

Ele #1

Marie C.

Ele é maravilhoso. Maravilhoso e descontraido. Mãos com dedos esguios nos bolsos das calças e aquela t-shirt básica. A postura é da pessoa mais descontraida do mundo, mas por dentro reside um mundo. É como um prisma, uma luz básica de um lado e o arco-iris inteiro do outro. Quando sorri semi-cerra os olhos, ficando assim o ser mais adorável à face da Terra. Nada se compara àquele sorriso, que me enche de alegria e me prende mais vezes do que ele imagina. Não há palavras inteiras que o descrevam, só metades. Um "maravilhoso" não chega para descrever a pessoa que me transborda o coração de alegria. Não vou mentir e dizer que sempre me maravilhou as 24 horas por dia. Ele distrai-se muitas vezes, quando falo ele parece estar atento mas nos olhos dele e nos sinais corporais que eu aprendi a ler nele eu sei que não está. Às vezes é preciso entrar dentro das pessoas para perceber que alguns defeitos são qualidades valiosas. Eu acho que é o destino que me está a dar uma oportunidade para falar todas as histórias novamente como se fosse a primeira vez. Só assim se atinge a perfeita harmonia entre uma tagarela e um sonhador.Ele dá-me a certeza que todos os momentos de solidão e corações partidos que tive valeram a pena, só para acabar ao lado dele. Ele é tanto que não cabe numa palavra ou numa frase. Para o descrever numa palavra teria que partir milhões de palavrinhas para formar uma só para ele. 

Ele é tanto, que por causa dele aprendi que sou mais valiosa do que pensava.

16
Ago11

Amar é para os loucos.

Marie C.

 

 

Já faz algum tempo desde que a vontade de te ver corre nas minhas veias como se não houvesse amanhã. É como se apenas o facto de eu te ver fizesse o meu dia mais solarengo e completo. Só o facto de saber que és algo real que existe, não só na minha vida, mas também em  mim.  Dizem que amar faz bem e só trás benefícios para a nossa saúde e a nossa vida. É mentira, digo eu de peito cheio e olhos com a certeza de quem vive isso. Qualquer pessoa que ame realmente alguém sabe do que falo. Aquela dor que sinto todas as vezes que tenho que me despedir de ti . Quando me viras as costas e deixo de sentir o calor do teu abraço e da tua presença.  Quando algo me atinge e não te tenho por perto para me confortares com o teu olhar. Amar é rosas? Não. Mas vale a pena passar toda a dor da despedida e da distância? Vale isso e muito mais. Todos aqueles momentos que me deixas com a certeza de que estou completa. Quando me deixas em casa de madrugada e eu te vejo ir embora. É como se toda aquela neblina me causa-se uma grande nostalgia dentro de mim. Assim como quando me lanças olhares nas aulas de Biologia Celular. É tudo tão absurdo para  a maioria das pessoas, mas para mim bate tudo tão certo. Como da primeira vez quando me disseste que me podias prometer muitas felicidades mas nunca me poderias prometer poucas tristezas.Talvez porque sofrer por amor faça parte do ciclo da vida. Para além de que as prespectivas são sempre diferentes. Onde outras raparigas podem ver dois olhos castanhos - avelã , eu vejo um Mundo. Onde elas vêm um sorriso, eu vejo um apelo a mim. É porque gosto de ti que isso acontece. O amor é para  os loucos, e eu sou louca por ti 

Sobre mim:



Uma nortenha ferranha e teimosa que acha que sabe escrever.
26 anos de gatinhos e cabelo fora do sítio.


Este blog pode conter vestigios de gatinhos, flores, ciência e ironia.

Um blog que fala de tudo,mas no fim não diz nada.

Deixa-me uma mensagem: