Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Som dos Sentidos ♥

Tudo e mais alguma coisa. E gatos. E revolta.


25
Jun16

Nomes e a fofura feminina

Marie C.

A minha família nunca foi muito de mimos e o meio onde fui criada não era dos mais fofos do mundo. Cresci então com a precepção, sem quase ser notada sinceramente, de que o mundo era normal sem muitos "-inhos". Heis que cresço, entro no mundo adulto e as mulheres chamam umas às outras de " querida" e de " fofinha". Tipo... what? Tinha uma colega de turma, colega leia-se bem e não confundir com nenhuma relação sequer próxima, que me chamava de " querida". Bem, não vou mentir, a minha mãe usa esse nome quando quer ser irónica comigo, porque isso o meu trauma. Algo do tipo:

"Mãe, podias ir buscar papel higiénico?"

" É claro que sim querida, levanta mas é daqui esse rabo gordo!" 

Como é que vou saber se estas pessoas que têm um vocabulário tão cor-de-rosa não querem levar-me para casa e ter um romance tórrido comigo ou até aliciar-me com a sua querideza para me roubarem um rim? Mulheres, deixo aqui uma lei universal não escrita mas socialmente aceitável. Nomes como querida, fofinha e lindinha só podem ser usados se:

a) fores lésbica 

b) for com amigas muito muito próximas

c) com cães, gatos e animais extremamente fofos

 

Por isso, minhas caras mulheres, usarem palavras extremamentes queridas e fofas com outras mulheres mais do que uma vez ao dia... watch out! 

2f5fc9ca960e532d04dc755d37da341c.jpg

 

 

Sobre mim:

bl photo Sem Ttulo_zps5faztibk.png

▻Nortenha
▻24 anos
▻Mundo da Lua
▻Confusa q.b.

Este blog pode conter vestigios de gatinhos, flores, ciência e ironia.

Um blog que fala de tudo,mas no fim não diz nada.

Deixa-me uma mensagem: