Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Som dos Sentidos ♥

Tudo e mais alguma coisa. E gatos. E revolta.


31
Mai14

Banco alimentar .

Marie C.

 

 

 

Sou voluntária do Banco Alimentar contra a fome já faz três anos.  Tudo começou quando uma professora me propôs ir ajuda-la e lá ganhei o gosto . É sempre bom ajudar quem precisa, principalmente quando se tem muita lata para se meter com as pessoas como eu ! ehehe! A realidade é que quem mais dá é quem menos pode, talvez porque já passaram pelo mesmo que o destino das "colheitas" . Muitos nãos passam por nós todos os anos. Pessoas e pessoas com mil e quinhentas desculpas como " já dei" ou " dei a semana passada" ( o banco alimentar dá-se em datas fixas em todo o país) , " só vim ver" ou a mítica do " Não posso dar, não tenho quem me dê a mim" . É verdade que só ajuda quem quer, mas menos de um euro por pessoa e muita gente passava menos fome! Se somos cem pessoas e cada pessoa gasta um euro num pacote de arroz, são cem pacotes de arroz a.k.a. cem quilos de arrozinho. Parece fácil... mas para muita gente não. Isto é só o meu ponto de vista claro.

"Mas Celinne, isso não vai para toda a gente que percisa! e bla bla cai nas mãos dos que menos precisam" , até pode haver casos  desses acredito , mas eu faço a minha parte em ajudar e sei de casos a que chega às mãos certas. Se todos se ajudarem uns aos outros, vivemos numa sociedade melhor. Porque até pode haver pessoas que estão na miséria por " conta própria" , mas existem pessoas que infelizmente nunca tiveram sorte na vida ou viveram num " berço de palha" . 

Hoje eramos um grupo de sete, onde fiquei eu mais um adulto e cinco crianças. Cinco crianças que iam alegremente pedir às pessoas que dessem " um pacotinho de papa para os bebés " ou " feijão para os meninos crescerem fortes" . 

 

E já agora, contribuam  ! Há em vales, nas entradas dos Hipermercados e também online .

 

1 comentário

Comentar post

Sobre mim:

bl photo Sem Ttulo_zps5faztibk.png

▻Nortenha
▻24 anos
▻Mundo da Lua
▻Confusa q.b.

Este blog pode conter vestigios de gatinhos, flores, ciência e ironia.

Um blog que fala de tudo,mas no fim não diz nada.

Deixa-me uma mensagem: