Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Som dos Sentidos ♥

Tudo e mais alguma coisa. E gatos. E revolta.


06
Abr12

Viver vem de nós.

Marie C.

 

Viver não é fácil . Quem o disse, provavelmente não teria grande vida cá fora das quatro paredes. É um verbo que requer perícia e trabalho. Requer que se pense quando se deve e não se pense quando as coisas não são de se pensar. Algumas situações nem se deve aprofundar, apenas dão mais que pensar. E mais e mais e mais. Pensar nem sempre é bom, por vezes trás males de coração e nós não queremos desse tipo de problemas  , não é? Pensar é para gente grande e eu quero ser uma criança para sempre. As crianças só pensam quando realmente é preciso. Quando não é , a espontaniedade vem ao de cima . É bom ser espontâneo, trás alegria e virtude. Alguém que viva sem ela não vive realmente. Porque sorrir, fazer coisas palermas, não pensar de vez em quando e coisas dessas fazem da vida mais saborosa. Passar o dia num escritório não é um plano de vida para mim. Eu quero trabalhar num laboratório ou dar aulas de Química. Quem sabe não andarei por ai a descobrir novos compostos ou a ensinar os meninos a tabela periódica? Quem trabalha por gosto não trabalha, vive do que gosta.

Viver é ir para a cama todos os dias e pensar no que se fez. É sentir aquele friozinho no estômago quando se chega à conclusão que não se fez nada de produtivo e temos pena de desperdiçar um dia da nossa vida sem algo memorável . Porque as memórias também se vivem. Um dia teremos momentos da nossa vida em que paramos para pensar e nos lembramos do que fizemos . E essas boas memórias, que nos vão pôr um sorriso na cara e que nunca nos vamos arrepender. Para mim é assim que é viver, porque sinceramente eu tenho um medo terrivél à morte e mais não digo para não estragar este lindo texto. Não me quero arrepender de nada, porque o tempo não volta atrás e o máximo que podemos fazer é remediar com alguma atitudes.

Vamos ver o sol lá no alto , deitados no meio das flores, porque é Primavera . Vamos para a avenida apanhar com a chuva na cara , aquela sensação fria que nos percorre o corpo juntamente com a adrenalina, porque é Inverno. Vamos chutar as folhas castanhas e húmidas porque é Outono. E é claro, vamos correr atrás das gaivotas enquanto o sol nos torra a pele, porque é Verão. Vamos-nos deitar todos no sofá a olhar para as luzinhas no pinheiro  , porque é Natal. Vamos comer chocolates até arrebentar porque é Páscoa. Vamos celebrar, para o jardim cantando e bebendo umas minis ou uns sumos , simplesmente porque sim e porque a vida tem que ser vivida e festejada.

Vamos dar graças, por termos quem temos na nossa vida, porque podem passar muitas pessoas pela tua vida. Pessoas essas que vão e nunca voltam. Pessoas que vieram e foram sem se desculparem. Pessoas que nos partiram o coração e pessoas que ficaram para sempre . Todas elas, mesmo as que nos partiram o coração e foram embora sem se desculpares necessitam de ser festejadas na nossa vida. Porque a felicidade não é um posto, a felicidade é um álbum de recordações e momentos que juntos fazem uma vida. Quando me ocupo muito ,naquelas semanas intensas , eu não me sinto eu. Porque tudo é rápido demais : acordar de madrugada para estudar, dormir poucas horas, comer o que vier à mão , andar sempre ocupada e sem qualquer destino. Porque viver é só para os fortes, porque viver vem de nós.

3 comentários

Comentar post

Sobre mim:

bl photo Sem Ttulo_zps5faztibk.png

▻Nortenha
▻24 anos
▻Mundo da Lua
▻Confusa q.b.

Este blog pode conter vestigios de gatinhos, flores, ciência e ironia.

Um blog que fala de tudo,mas no fim não diz nada.

Deixa-me uma mensagem: