Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Som dos Sentidos ♥

Tudo e mais alguma coisa. E gatos. E revolta.


03
Dez10

"As gordinhas e as outras" - the final countdown.

Marie C.

Minha querida Margarida Rebelo P. , espero que tenha passado bem com as  suas papeladas e afins. Venho contar-lhe o sentimento que me invadiu depois de ler a sua crónica "as gordinhas e as outras" . Não que seja uma crónica mal estruturada , nada disso! É bem que tenha os parágrafos todos no sítio e aquelas palavras bonitas que você escreve nos seus romances. Venha você lá falar das gordinhas e dos seus estatutos. É claro que têm os seus estatutos! Imagine-se a você, com mais 20, 30 ou 40 quilos. Gosta? Agora imagine-se a experimentar todas as roupas do seu armário e nenhuma delas lhe parecer bem em você? Agora imagine isso dia após dia, ano após ano e quem sabe toda a vida. É desconfortável não é? Os olhares na rua que por vezes nem são derivados à gordura ou nem são para si, mas você sente-se tão "balão" que até se desvia exageradamente 2 metros dos carros para eles passarem na rua. E depois as dietas fracassadas. Porque não pense que as gordinhas gostam de assim o ser porque querem! Todas elas tentam mundos e fundos, umas conformam-se com a sua forma e outras tentam e tentam e tentam a vida toda.Não pense que é fácil! Não são só as gordinhas que gostam de chocolate ou de  coisinhas deliciosamente calóricas. Não venha agora dizer que as gordinhas gozam de estatuto especial. Qualquer mulher pode falar de sexo à mesa, pode beber cerveja, pode dizer palavrões.Agora, as mulher "boazonas" têm que ser bem corajosas para o fazer. Até porque os homens gostam disso! Os homens gostam de ter uma companheira de noite, onde possam falar de sexo, palavrões e outros derivados sem que a noite tenha que acabar num canto do bar à marmelada ou na casa dele. As gordinhas podem fazer isso porque lá está,não são vistas como um alvo de engate e por definição somos mais acarinhadas que vocês.Até porque, diga-se de passagem, nem sempre nós mulheres queremos um elemento do sexo masculino para aquecer os pés.Já pensou na carga emocional que uma gordinha acarreta? À pois não pensou. Não andamos ai a abanar o rabinho com saias justinhas e olhar perdador como se andassemos à caça de  relações.Uma gordinha não  caça de relações nem anda aí desesperada sabe? Quantas relações de gordinhas acabam comparativamente às das "boazonas " ? Pois é, porque elas raramente são casos de uma noite, sabe?É só para ficar assente que as elas têm sentimentos debaixo de todo o tecido adiposo.Por isso minha cara Margarida R.Pinto, se quer fazer aquilo que as gordinhas fazem sem ser censurada arranje um gato, ou um cachorro.Ou então compre 20 quilos de chocolate e vai ver como se torna uma Margarida muito rechonchuda.

 

E é só, um cumprimento daqui da gordinha e já agora escreva romances menos melosos fachabor.

15 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Sobre mim:

bl photo Sem Ttulo_zps5faztibk.png

▻Nortenha
▻24 anos
▻Mundo da Lua
▻Confusa q.b.

Este blog pode conter vestigios de gatinhos, flores, ciência e ironia.

Um blog que fala de tudo,mas no fim não diz nada.

Deixa-me uma mensagem: